Nota Pública do Tarifa Zero Goiânia sobre matéria do jornal Tribuna do Planalto


Aos editores do jornal Tribuna do Planalto,

Por essa nota pública viemos denunciar uma prática de jornalismo desinformado por parte deste veículo de comunicação. No caderno ‘Escola’, na página 6, de 26 de maio de 2013, há uma confusão descabida: vinculam a condução da luta contra o aumento da tarifa do transporte público ao coletivo Tarifa Zero, o que é no mínimo falta de informação e injustiça contra o movimento Frente Contra o Aumento (inclusive há uma foto de manifestantes segurando uma faixa da Frente). A Frente Contra o Aumento é a responsável pela organização das últimas manifestações anunciadas e dela fazem parte pessoas independentes ou de diversos grupos, grêmios e coletivos, entre eles o Tarifa Zero Goiânia. Não há, portanto, protagonismo desse coletivo na luta contra o aumento das passagens dentro da Frente Contra o Aumento.

Outra inverdade foi afirmar que a estudante entrevistada, Aymê Sousa, é integrante do Tarifa Zero. Apesar de o coletivo não ser fechado, é importante salientarmos que seus militantes se definem como tal pela concordância aos princípios e causa da luta e pela participação em atividades, como reuniões, oficinas, manifestações e outras – assim como é em qualquer coletivo.  A estudante citada nunca foi integrante do Tarifa Zero Goiânia nem foi eleita como delegada para falar publicamente em nome da Frente Contra o Aumento, e uma exposição assim em um órgão de imprensa fere as decisões tomadas coletivamente pelo movimento em suas reuniões, o que diminui a credibilidade da informações veiculadas na matéria.

Reiteramos que o coletivo Tarifa Zero Goiânia é um grupo aberto que visa a maior participação possível da população da região metropolitana nos assuntos concernentes ao transporte público, não havendo hierarquia ou burocracia em sua organização interna, mas prezando pelas decisões tomadas em coletivo. O artigo publicado diz respeito ao papel das redes sociais nos movimentos e lutas políticas, mas ironicamente não recebemos em nenhum de nossos canais da internet (fanpage e perfil no Facebook, página de blog e e-mail) qualquer notificação da Tribuna do Planalto a fim de saber nossa opinião, preferindo entrevistar uma pessoa alheia ao coletivo.
Por fim, afirmamos que para fazer um jornalismo minimamente sério é necessário fazer uma pesquisa para confirmação de informações antes de divulgá-las. Parece não ter sido esta a prática do jornal Tribuna do Planalto para o assunto tratado.
Com nossa atenção,

Coletivo Tarifa Zero Goiânia

Anúncios

Um comentário sobre “Nota Pública do Tarifa Zero Goiânia sobre matéria do jornal Tribuna do Planalto

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s