Ato de solidariedade aos companheiros criminalizados em manifestação contra aumento da tarifa


No dia 20/05/2012 a tarifa do transporte coletivo de Goiânia aumentou de R$2,50 para R$2,70, conforme anunciamos aqui.

Diante desta situação, grupos de militantes se uniram em uma “Frente contra o aumento” com o objetivo de organizar atos diversos para combater o novo valor da tarifa. O primeiro ato organizado aconteceria no dia 23/05/2012, onde estava previsto uma panfletagem em um dos mais movimentados terminais de ônibus da cidade.

Os manifestantes já esperavam algum tipo de repressão da polícia goiana, conhecida por sua truculência, contudo, não imaginavam que este tipo de ação ocorreria antes mesmo do ato acontecer (conforme noticiamos aqui)

Frente a este tipo de repressão que impediu o ato e teve como resultado a prisão de dois manifestantes e um transeunte, mais dois atos foram organizados aqui e aqui, mas o desfecho desta história ainda está por acontecer.

As três pessoas presas no dia 23/05, foram levadas até a delegacia inicialmente sob três acusações: desacato, resistência à prisão e agressão. A presença de advogados e dos manifestantes na porta da delegacia contribuiu para que os policiais só mantivessem a acusação de desacato, e soltassem os três (mesmo que isso tivesse ocorrido somente após as 4:00 da manhã), já saindo de lá com a data da audiência estabelecida.

Desta forma, na próxima semana, 25/07/2012 às 10:25 h, ocorrerá a audiência de julgamento destes três companheiros no I Juizado Especial Criminal de Goiânia.

Não podemos abandoná-los em sua defesa, pois esta prática autoritária faz parte de um movimento maior de criminalização dos movimentos sociais, onde qualquer contestação à ordem estabelecida é duramente perseguida e reprimida. Este é o momento de mostrarmos que nossas palavras de ordem não são meros gritos jogados ao vento e que ao contrário levam consigo um significado profundo de solidariedade aos companheiros em luta.

Por isso, convocamos todos que lutam pelo direito de livre manifestação, contra as práticas autoritárias do Estado e da Polícia, que reprimem com violência quem lhes contesta, a ajudar na luta dos companheiros que foram presos e agora são criminalizados.

  • No dia 24/07/2012, às 16:30 h na Faculdade de Educação (UFG) realizaremos uma oficina de cartazes. O objetivo, além de confeccionar materiais, é debatermos o ocorrido e sobre a nossa atuação durante a audiência.
  • No dia 25/07/2012, às 10:00 h nos concentraremos no 1º Juizado Especial Criminal de Goiânia (Avenida Iguaçu, esq. c/ Rua Cruz Alta, Jardim Novo Mundo, fundo da Associação de Moradores do Jardim Novo Mundo) para pressionarmos pela absolvição dos companheiros.

Contamos com a solidariedade de Todos!

Tarifa Zero Goiânia

Anúncios

Um comentário sobre “Ato de solidariedade aos companheiros criminalizados em manifestação contra aumento da tarifa

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s