Protesto de passageiros fecha terminal de ônibus, em Goiânia


Manifestação fechou terminal Praça da Bíblia na noite desta quarta-feira (6). Usuários da linha que atende Nerópolis reclamavam do tempo de espera.

Cerca de 50 pessoas fizeram um protesto no terminal da Praça da Bíblia, em Goiânia, na noite desta quarta-feira (6). De acordo com a Polícia Militar (PM), os manifestantes reclamavam da má qualidade em uma linha do transporte coletivo e interditaram, por cerca de uma hora e meia, uma das pistas da Avenida Anhanguera no sentido Setor Universitário/Centro.

Por volta das 19 horas, passageiros que vão de Goiânia para Nerópolis, cidade da Região Metropolitana, impediram a saída dos demais ônibus do terminal. Eles reclamavam da pouca quantidade de veículos na linha Nerópolis/Praça da Bíblia. Segundo a PM, a via foi liberada por volta das 20h30.

Fonte: http://g1.globo.com/goias/noticia/2012/06/protesto-de-passageiros-fecha-terminal-de-onibus-em-goiania.html

***

Esta situação é especial por demonstrar 2 coisas. Primeiro o papel da CMTC. Ano passado, durante o Fórum de Mobilidade Urbana promovido pela UFG, o Presidente da CMTC disse que não ocorriam manifestações da população, e que as únicas que aconteceram foi por conta de problemas com os semáforos. Segundo por demonstrar onde devemos atuar, qual é nosso desafio. Para isso precisamos romper o cerco policial da METROBUS que nos impede de fazer manifestações políticas nos terminais, instituindo um tipo de gestão totalitária dos terminais do eixo Anhanguera, já que somente podem circular aquilo que acham conveniente.

Anúncios

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s